| História da bocha | Canchas sintéticas |
 


Ao aproximar-se mais um FIM de ANO, é com imenso prazer que a Equipe Remicancha deseja de coração a todos os clientes, amigos, parentes e familiares um Feliz Natal, com muita paz, saúde, alegria e felicidade.

Que ao amanhecer o primeiro dia do Novo Ano, Deus ilumine os passos e faça brilhar a estrela do sucesso e do profissionalismo para que sejam vitoriosos, a exemplo dos antepassados que criaram seu próprio esporte para viverem felizes, conforme consta na história milenar. (A história em poesia. Declamado)




QUEM JOGA BOCHA VIVE FELIZ


A história da bocha nos conta,
Vou explicar num segundo.
Foi inventado no Egito,
O esporte mais antigo do mundo.
    Dizem que foi criado,
    Por um grupo de vagabundos.



Começou antes de Cristo,
É um esporte primitivo.
Mas foi na Grécia Antiga
Que iniciou em definitivo
    E com bolas de madeira,
    Ficou bem mais atrativo.



Pelos Reis foi proibido,
E pela Igreja também,
Pois distraía o seu povo
Que não andava tão bem.
    Acabar não conseguiram,
    E até hoje se mantém.



E muito tempo depois,
Um médico bem famoso.
A boa notícia espalhou,
Exercício bom pra idoso.
    É ótimo para a saúde,
    "Não é esporte perigoso".



Militares praticavam
E gostavam do exercício,
Mas uma armada espanhola
Dispersou todos patrícios.
    Surpreendidos na emboscada
    Uma batalha teve início.

 

Depois foram os europeus,
Ao cruzarem os oceanos,
Que divulgaram esse esporte,
Com mais de cinco mil anos.
    E assim chegou ao Brasil,
    Através dos italianos.



Quando ainda era criança,
Jogar bocha eu queria.
Meu pai e avô jogavam,
E eu sempre junto, assistia.
    Quando com eles brincava,
    De emoção eu nem dormia.



Certa vez me perguntaram:
Qual meu esporte preferido.
Respondi: - jogo bocha,
Que é um jogo divertido
    Para crianças e adultos,
    Mulheres e seus maridos.



Sem cancha para jogar,
Era na terra e na grama
Que se reuniam os amigos,
Todo final de semana.
    Íamos a todos torneios,
    Em equipe e caravana.



Bocha tem filosofia,
É esporte que faz amigos.
Se atrapalhar os negócios,
Dos negócios me desligo.
    Continuo a jogar bocha,
    Meu esporte preferido.



Autor desta poesia: Remi Pivetta

 
2007/2010 © Remicancha - Rio Brilhante (MS) - Desenvolvido por clickRB